PARCEIROS APOIADORES

Mulher de homem ferido com dois tiros confessa que contratou pistoleiro para matar


A imprensa uruguaia divulgou nesta terça-feira (31), a conclusão das investigações sobre a tentativa de homicídio que ocorreu em Rivera/Uruguai, na noite do últimos domingo (29), quando foi alvejado com dois tiros o santanense Nei Gustavo Machado Bittencourt, 52 anos, conhecido pela alcunha de Bilu.

As suspeitas de motivação passional acabaram se confirmando, quando foi presa a principal suspeita do crime, a própria companheira de Bilu. A acusada de 31 anos, foi presa depois de depor como testemunha para a Policia de Rivera e acabou confessando a autoria do atentado. Horais mais tarde, em ação de Policías de División Especializada, o acusado de tentar matar a vítima foi preso nas imediações de um comércio, no centro da cidade, quando pretendia receber o dinheiro contratado.

Em suas declarações a acusada disse que contratou este pistoleiro, oriundo da cidade de São Borja, pelo valor de R$ 10 mil, com a finalidade de matar Bilu.

Crime

No referido domingo, o atirador chegou em companhia de outro homem, que conduzia uma moto Winner, e surpreendeu a vítima, quando chegava ao ensaio de uma escola de samba nas imediações do bairro Fortim, junto a Linha Divisória com Livramento e Rivera. Ele foi atingido com dois tiros, tendo um acertado no tórax, na região dos pulmões.

Os Patrulheiros da Unidad de Reserva Táctica, que realizavam o patrulhamento de prevenção foram informados que na rua Baltazar Brum y Bonavita, estava uma pessoa lesionada. Gustavo Machado Bittencourt continua internado na UTI do Hospital Santa Casa, em Livramento.

Fonte: https://goo.gl/LfFjeV

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now