PARCEIROS APOIADORES

Operação Fronteira realiza prisões por envolvimento com crimes de homicídio e latrocínio em Cacequi/


Na manhã desta terça-feira (22), a Polícia Civil de Cacequi, auxiliada por policiais em atuação na Operação Fronteira, cumpriram mandado de prisão cautelar expedido em desfavor de D.P., vulgo Negro, de 27 anos. O homem é suspeito do homicídio da vítima José Edenilson, vulgo Tio Bilia, ocorrido no último dia 14 fevereiro, também em Cacequi. Por ocasião dos fatos, a vítima foi encontrada já sem vida em zona rural do Município, não sendo localizados, naquele momento, seus pertences e seu veículo. A delegada regional, Ana Luiza Tarouco, que conduziu os trabalhos, ressaltou a excelência da equipe que, desde o momento dos fatos, diligenciou na busca por provas de autoria, as quais foram alcançadas com menos de uma semana da data dos fatos. Destacou, ainda, o auxílio prestado pela Brigada Militar, PRF e pela Polícia Civil de Santiago, porquanto desde a madrugada dos fatos os órgãos trabalharam em sintonia e comunhão de esforços para que tão grave delito fosse solucionado e levado à apreciação do Poder Judiciário local.

Homicídio

Já na tarde de segunda-feira (21), com o apio da Brigada Militar, os policiais civis capturaram o indivíduo de iniciais P. C. S. B, vulgo Birigui. O homem é acusado de coautoria no homicídio que vitimou, Leonardo Acosta em setembro de 2016 e estava foragido desde então. Por ocasião dos fatos, testemunhas identificaram os envolvidos, apontando que a causa da morte seria a disputa em pontos de tráfico. Ana Tarouco, que conduziu as investigações, apontou que desde o início dos trabalhos a equipe diligenciou na autoria do crime e, após a conclusão das diligências, o Poder Judiciário deferiu os pedidos de prisão. Após os trâmites de praxe, o homem foi encaminhado ao Presídio.

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now