PARCEIROS APOIADORES

Polícia Civil prendeu 50% mais do que em 2015 e encaminhou 5 mil procedimentos à Justiça

Nas últimas semanas, a Delegacia de Polícia Regional em Sant'Ana do Livramento, responsável pela supervisão dos trabalhos desenvolvidos pelas Delegacias de Polícia Civil de Livramento, Quaraí, Cacequi e Rosário do Sul concluiu levantamento estatístico sobre a atuação no ano de 2016.

Conforme análise, a delegada Regional, Ana Luiza Tarouco, informa que no último ano houve um significativo incremento no número de indivíduos presos da ordem de mais de 50% em relação ao ano de 2015. Ainda, a remessa de investigações ao Poder Judiciário teve um aumento de 264% em relação ao último ano, o que significou que foram encaminhados ao Poder Judiciário mais de 5 mil procedimentos policiais.

As operações policiais também movimentaram as cidades que compõe a 12ª Região, com a realização de inúmeras operações, muitas delas em conjunto com outros órgãos. No ano de 2016, mais de 35 operações foram realizadas, buscando garantir a segurança da população e dar solução qualificada aos crimes cometidos. 

Ao todo, a 12ª Região Policial teve registradas nos seus órgãos 17.515 ocorrências, o que representou um pequeno decréscimo de 3% em relação ao ano anterior.

Outro índice que foi destacado no balanço é a significativa redução dos números de homicídios em relação ao ano de 2015, atingindo uma redução de 18% na Região, em decorrência do qualificado trabalho desenvolvido pelos policiais.

Nesta seara, foi instalada durante o ano de 2016 a Força Tarefa de Combate aos Crimes Rurais, com sede em Rosário do Sul, mas com atuação em grande parte do Estado.

A delegada regional enfatizou que as melhorias estruturais realizadas na DPPA de Sant'Ana do Livramento, as quais só foram possíveis com o apoio irrestrito do Poder Judiciário Local, e a formação do grupo de palestras dos policiais plantonistas, iniciativa pioneira em se tratando de policiais plantonistas e que, ao longo do ano, colheu inúmeros frutos positivos e formou um elo de aproximação com a Comunidade local. "O elevado grau de comprometimento de todos os policiais civis que atuam na Região, porquanto, a despeito da grave crise financeira por qual passa o Estado e as movimentações de conscientização da população acerca do grave momento, ainda assim o zelo e dedicação para com a comunidade por eles protegida foi intensificado", destacou Tarouco, que por fim, declarou que ações policiais de maior escala no último ano visaram combater o delito de tráfico de drogas, delito patrimoniais, abigeato e os cometidos contra as relações de consumo, como é o caso de alimentos impróprios ao consumo humano.

1/11
Compartilhar
RT
Please reload

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

© Copyright 2016 Correspondente O Repórter. Desenvolvido por Gath Soluções em TI