PARCEIROS APOIADORES

Operação combate organização criminosa que atuava em jogos de azar e lavagem de dinheiro


Uma grande ação policial de combate à lavagem de dinheiro foi deflagrada na manhã desta terça-feira (25), em Sant'Ana do Livramento e em outras cidades da região da Campanha e Fronteira do Estado. A operação "Deu Zebra" cumpriu 237 ordens judiciais em 14 municípios do Rio Grande do Sul e finalizou com 19 pessoas presas, mais de R$ 200 mil, carros, motos e objetos usados para o crime foram apreendidos, além de 19 imóveis sequestrados. Segundo a delegada Ana Luiza Tarouco (veja vídeo), foram 16 meses de investigação que identificou uma organização criminosa que atuava no ramo de jogos de azar, configurando também os delitos de organização criminosa e lavagem de capitais. "Foram mais de 250 horas de vigilância, mais de 5 mil horas de interceptações telefônicas que auxiliaram na identificação de quase uma centena de envolvidos no esquema", conta a delegada. Durante a investigação, os policiais identificaram a quantia de mais de R$ 521 milhões de reais em movimentação financeira nos últimos quatro anos, bem como identificou mais de R$ 11 milhões em patrimônio dos investigados, sendo 57 veículos e 19 imóveis. "Não nos limitamos somente a identificar apontadores do jogo, mas buscamos identificar toda a cadeia criminosa que atua por trás das máquinas de apostas, mapeando uma infraestrutura organizada e hierarquizada, formada por apontadores, recolhedores, gerentes, laranjas, equipe de TI, suporte logístico e líderes, numa atuação, que acreditamos, inovadora em se tratando de investigação de jogos de azar", destaca a delegada Tarouco.

O Chefe de Polícia, Delegado Emerson Wendt destaca que essa ação é a maior operação de lavagem de capitais da Polícia Civil gaúcha, dado o volume financeiro movimentado. "Certamente ações como esta não param por aqui, a Polícia Civil segue monitorando esses e outros crimes correlatos diuturnamente nas mais diversas regiões do estado", destaca o Chefe de Polícia. Ao todo, foram cumpridas buscas em 14 cidades do Rio Grande do Sul, totalizando 237 ordens judiciais, sendo 14 mandados de prisão preventiva, 73 mandados de busca e apreensão, sete mandados de condução coercitiva, 57 mandados de busca e apreensão de veículos, 19 sequestros de imóveis e bloqueio de contas bancárias pertencentes a 67 pessoas físicas e jurídicas diferentes. A ação contou com apoio de 212 policiais civis, oito policiais militares, oito policiais rodoviários federais, além do apoio aéreo da Polícia Civil.

As ações foram realizadas em Bagé; Caçapava do Sul; Cacequi; Dom Pedrito; Pelotas; Porto Alegre; Quaraí; Rosário do Sul Santa Rosa; Sant'Ana do Livramento; Santo Ângelo; São Gabriel; São Sepé e Taquara.

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now