PARCEIROS APOIADORES

Morte de cães de caça em Livramento pode estar relacionada a contato com javalis

03/06/2017

O transtorno provocado pelo javali na Fronteira-Oeste ganhou mais um capítulo nos últimos dias. Existe a suspeita de que a morte de cães de caça, em Sant'Ana do Livramento, esteja relacionada ao contato com o invasor. Um criador viu quatro de seus 13 cães morreram. A causa deve ser esclarecida pela análise de amostras de sangue levadas ao laboratório da Faculdade de Medicina Veterinária da Urcamp, em Bagé. Uma análise inicial detectou a presença de um tripanossoma. “A nossa forte suspeita é de que esteja circulando o tripanossoma na população silvestre e de porcos ferais”, diz o chefe da Área de Proteção Ambiental do Ibirapuitã, Raul Coelho. O primeiro caso foi registrado em janeiro.

O presidente do Sindicato Rural de Livramento, Luiz Cláudio Pereira de Andrade, afirma que o prejuízo tem sido grande, especialmente nas lavouras e na ovinocultura. O problema é agravado pelo fato de o javali não ter inimigo natural. O uso de armadilhas é uma das alternativas encontrada pelos produtores, devido às restrições ao porte de armas. “A gente vê um grande risco para a saúde pública, principalmente devido às zoonoses”, ressalta Andrade.

 

Fonte: Correio do Povo | Rural 

Foto: Ilustrativa

Compartilhar
RT
Please reload

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

© Copyright 2016 Correspondente O Repórter. Desenvolvido por Gath Soluções em TI