PARCEIROS APOIADORES

ABIN abre inscrições para concurso com 300 vagas

03/01/2018

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) publicou o edital para o concurso da ABIN nesta quarta-feira, 3 de janeiro. O edital prevê a realização de provas nas 26 capitais estaduais e no Distrito Federal.

O certame oferecerá 300 vagas: 220 para oficial de Inteligência, 60 para oficial técnico de Inteligência e 20 para agente de Inteligência. As inscrições podem ser feitas no site do Cebraspe (http://www.cespe.unb.br/concursos/ABIN_17/) até o dia 30 de janeiro.

O concurso da ABIN foi autorizado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão em 17 de julho.

Cargos e salários:

-Oficial de Inteligência (nível superior)
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Subsídio: R$ 16.620,46

 

-Oficial Técnico de Inteligência (nível superior)
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Subsídio: R$ 15.312,74

 

-Agente de Inteligência (nível médio)

Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Subsídio: R$ 6.302, 23.
 

O QUE É

A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) é um órgão da Presidência da República, vinculado ao Gabinete de Segurança Institucional, responsável por fornecer ao presidente da República e a seus ministros informações e análises estratégicas, oportunas e confiáveis, necessárias ao processo de decisão.

Na condição de órgão central de um sistema que reúne 38 integrantes – o Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin) –, a ABIN tem por missão assegurar que o Executivo Federal tenha acesso a conhecimentos relativos à segurança do Estado e da sociedade, como os que envolvem defesa externa, relações exteriores, segurança interna, desenvolvimento socioeconômico e desenvolvimento científico-tecnológico.

 

O QUE FAZ

Para cumprir essa missão institucional, os profissionais de inteligência produzem conhecimentos estratégicos por meio da análise de fatos, eventos ou situações que permitam a identificação de oportunidades e ameaças relacionadas à proteção das fronteiras nacionais, à segurança de infraestruturas críticas, à contraespionagem, ao terrorismo, à proliferação de armas de destruição de massa, a políticas estabelecidas com outros países ou regiões, à segurança das informações e das comunicações, à defesa do meio ambiente, à proteção de conhecimentos sensíveis produzidos por entes públicos ou privados, entre outros assuntos.

A ABIN constitui-se em órgão de Estado permanente, apartidário e apolítico, com atuação nacional e representações no exterior. A Agência foi criada pela lei 9.883, de 7 de dezembro de 1999, e, condizente com suas atribuições legais e sua missão institucional, não é responsável pela condução de investigações criminais.

Compartilhar
RT
Please reload

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

© Copyright 2016 Correspondente O Repórter. Desenvolvido por Gath Soluções em TI