PARCEIROS APOIADORES

Livramento registra a maior quantidade de chuva no Brasil no período de 24 horas

A passagem de uma frente fria litoral da Região Sul do Brasil estimulou a formação de nuvens carregadas nos três estados que provocaram chuva durante o último fim de semana de abril. Esta frente fria se afasta nesta terça-feira, 1º de maio, mas um bloqueio atmosférico causado por uma massa de ar seco no interior do Brasil vai manter as nuvens carregadas sobre parte da Região Sul. Mais chuva está sendo esperada para os próximos dias nos três estados. A semana vai terminar com outra frente fria chegando ao Rio Grande do Sul e trazendo mais chuva.

Chuva forte no Rio Grande do Sul Como já vinha sendo esperado, choveu forte sobre o Rio Grande do Sul no domingo, 29 de abril. Em Sant'Ana do Livramento, na fronteira com o Uruguai, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 72,2 mm entre 9 horas do dia 29 e 9 horas de 30 de abril. Foi a maior quantidade de chuva no Brasil neste período de 24 horas. Outras cidades gaúchas também receberam quantidades de chuva elevadas.

No fim da manhã desta segunda-feira, 30 de abril, nuvens carregadas continuavam sobre o Rio Grande do Sul e provocavam chuva em muitas áreas do estado.

Feriado com pancadas de chuva no Sul Todos os estados da Região Sul terão pancadas de chuva neste feriado de Primeiro de Maio, mas a chuva não será generalizada. Uma frente fria se afasta do litoral da Região, mas áreas de instabilidade continuam espalhadas sobre o Sul.

A maior quantidade de nuvens e de pancadas de chuva será sobre o Rio Grande do Sul, que pode ter chuva forte. A região da Grande Porto Alegre deve ter chuva já pela manhã. No sul e leste de Santa Catarina e no leste do Paraná, as pancadas de chuva devem ocorrer à tarde ou à noite. Não há previsão de chuva para as demais áreas destes estados, apenas aumento da nebulosidade.

Áreas de instabilidade persistem sobre o Sul do Brasil até a quinta-feira 3 de maio e deve chover nos três estados. Na sexta-feira, a chuva se concentra sobre o Rio Grande do Sul com a chegada de outra frente fria.

Fonte: ClimaTempo/por Josélia Pegorim

Foto: António Pereira/diariodetrasosmontes