PARCEIROS APOIADORES

Esforço integrado mobiliza órgãos de Segurança de 11 estados brasileiros

Os órgãos de Segurança Pública e Defesa desencadearam esta semana, a Operação Esforço Integrado, ação que une estados e a União e mobiliza cerca de 2 mil servidores, de dez instituições, em 11 unidades da federação. Os trabalhos visam a combater crimes transnacionais, com foco na atuação em regiões de fronteira.

A iniciativa teve início na segunda-feira (25) e se estende por tempo indeterminado. Nesta terça-feira (26), o balanço parcial das atividades foi divulgado, em entrevista coletiva concedida no Departamento de Comando e Controle Integrado (DCCI) da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Até o momento, ocorreram 37 barreiras e fiscalizados 816 veículos. Destes, 98 foram autuados e 12 foram recolhidos. Mais de mil pessoas foram abordadas e identificadas, resultando em 13 prisões em flagrante, três menores apreendidos e um foragido recapturado. Doze armas e cerca de um quilo de entorpecentes foram apreendidos. Para o secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, é vital que seja estabelecido um conjunto de ações permanentes, com o intuito de garantir a segurança dos municípios fronteiriços e impedir a entrada de entorpecentes e armas no Brasil. “Não somos produtores, mas somos um dos maiores consumidores de droga do mundo. As armas que acabam nas mãos das quadrilhas e o tráfico, que garante sustentação financeira do crime organizado, chega pela fronteira”, disse. Schirmer destacou, também, o grande número de municípios que o RS possui na fronteira com o Uruguai e com a Argentina. “Ao contrário dos outros estados, temos cidades polo, como Uruguaiana, Santo Ângelo e Livramento, nesta faixa territorial. É necessário que atuemos integrados, de maneira forte, para que tenhamos resultados positivos em âmbito geral”.

Participam da Operação Esforço Integrado SSP, BM, PC, Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS), Instituto-Geral de Perícias (IGP), Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Forças Armadas, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Receita Federal. Forças policiais do Uruguai e Argentina atuam em parceria com as instituições brasileiras, garantindo a efetividade das ações em ambos os lados da fronteira. Texto: Claiton Silva/SSP Edição: Léa Aragón/ Secom

Foto: Rodrigo Ziebell/SSP

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now