PARCEIROS APOIADORES

Mais de 100 projetos de reformas elétricas em escolas estão aptos à execução

09/08/2018

O termo de cooperação assinado entre o governo do Estado e 12 instituições de ensino do Rio Grande do Sul para a elaboração de projetos de reformas e melhorias elétricas nas escolas públicas já possui 101 projetos aptos a entrar em execução. O projeto foi selado em fevereiro deste ano. 

Desde então, houve a efetivação do 9º polo, o ingresso da Universidade de Santa Cruz, da Liberato Salzano e da Uniriter, a contratação de engenheiros e a ampliação das vagas de estágio, que passaram de 70 para 105.

Na quarta-feira (8), na Sala de Governança da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), os engenheiros responsáveis pelos polos, que supervisionam e validam os projetos elaborados pelos alunos das instituições de ensino, participaram de reunião para um balanço do trabalho feito até o momento.

De acordo com a secretária-adjunta da SPGG e diretora do Departamento de Monitoramento de Resultados (DMR), Melissa Custódio, caso não houvesse essa organização, investimentos iam ser perdidos e os alunos ficariam sem as reformas e melhores condições para estudar.

Além de coordenar esse processo específico, o papel da SPGG, por meio da força-tarefa, é de organizar o fluxo para atendimento das mais diversas demandas de obras nas escolas, entre elas, emergenciais, PPCIs, elétricas, autonomias financeiras e obras planejadas. Desse processo, já temos 841 obras concluídas e 687 em execução, totalizando, desde 2015, 1.528 demandas atendidas ou em atendimento.

 

Texto: Gustavo Rech/SPGG
Edição: Gonçalo Valduga/Secom
Foto: Gustavo Rech/SPGG

Compartilhar
RT
Please reload

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

© Copyright 2016 Correspondente O Repórter. Desenvolvido por Gath Soluções em TI