PARCEIROS APOIADORES

Professores e funcionários anunciam greve de 24 horas

O Cpers-Sindicato anunciou esta semana que conforme deliberado na Assembleia Geral realizada na última sexta-feira (28 de setembro), os educadores gaúchos farão greve de 24 horas nesta quinta-feira, dia 04 de outubro. Para chamar a atenção da sociedade sobre o descaso do atual governo com a categoria e a educação pública, professores e funcionários de escola farão o Ato Público Estadual pelo pagamento integral dos salários e contra o desmonte da escola pública.

Às 13h30 ocorre a concentração dos professores e funcionários de escola em frente ao prédio do Instituto de Educação (Av. Osvaldo Aranha, 527). Logo após, às 14h, eles seguem em caminhada até o Palácio Piratini. “Convocamos a todos professores e funcionários de escola a participarem deste importante ato de denúncia dos ataques contra os nossos direitos. Estamos amargando 34 meses de salários atrasados e parcelados. Esta situação não pode continuar! Vamos juntos dar um basta ao desrespeito, ao desmonte da escola pública e exigir salário em dia e valorização”, conclama a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

Caravana em Defesa da Escola Pública

Após três meses cruzando todo o Rio Grande do Sul, a Caravana em Defesa da Escola Pública chegou à última semana de atividades. O 34º Núcleo do Cpers, em Guaíba, recebeu a comitiva de educadores voluntários e da direção central, que percorreu 18 escolas em quatro municípios da região atendida pelo núcleo.

Desde julho, mais de 1 mil escolas foram visitadas e 20 mil quilômetros foram percorridos para discutir os rumos da educação pública, a situação funcional da categoria e os desafios para o próximo período, além de aproximar o sindicato do trabalhadores de todo o Rio Grande do Sul, segundo o Cpers.

Fonte: Cpers sindicato

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now