PARCEIROS APOIADORES

Justiça declina competência em ação movida pela Santa Casa contra Município de Livramento

A 1ª Vara Federal de Sant'Ana do Livramento declinou a competência para julgamento da ação ajuizada pela Santa Casa de Misericórdia da cidade contra o Município e a União. A sentença sem resolução de mérito, publicada na terça-feira (14/5), é do juiz Lademiro Dors Filho.

A entidade hospitalar solicita a anulação de cláusula existente no primeiro termo aditivo do contrato celebrado com o Município. Segundo ela, foram alterados critérios para o pagamento de valores oriundo do Sistema Público de Saúde (SUS), o que está gerando prejuízos financeiros.

A União manifestou-se nos autos defendendo sua ilegitimidade para responder a ação, já que não repassa recursos financeiros diretamente aos hospitais conveniados ou integrantes da rede SUS. De acordo com ela, está é atribuição do gestor local. Destacou ainda que não possui qualquer ingerência sobre o contrato e o termo aditivo firmado.

Ao analisar os autos, o juiz federal Lademiro Dors Filho entendeu que o cerne da demanda envolve questão pontual de contrato celebrado entre o Município e a Santa Casa, não abrangendo discussão de interesse imediato do ente federal ou má aplicação de recursos federais ou ausências destes. “Assim, não possuindo a UNIÃO legitimidade passiva e a oblíqua incompetência deste juízo quanto ao julgamento da presente demanda, deve o feito ser remetido à Justiça Estadual”, concluiu.

O magistrado extinguiu o processo sem analisar o mérito da ação. Cabe recurso da decisão ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

PROCEDIMENTO COMUM Nº 5001082-87.2019.4.04.7106/RS

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now