PARCEIROS APOIADORES

Governo abre estudos para privatizar Correios e mais oito estatais

Nove empresas foram incluídas no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), além de concessão de parques e projetos em áreas sociais. Isso significa mais investimento, aceleração de atividades ou obras que estavam paradas e possibilidades de parcerias com a iniciativa privada ou privatização. O anúncio foi feito, nesta quarta-feira (21), após a 10ª reunião do Conselho do PPI, que contou com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro.

Foto: Marcos Corrêa/PR

Segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o governo quer crescer através do investimento. “Gerar emprego, gerar renda e para isso o PPI é importantíssimo. Porque ele atrai capital nacional, atrai capital internacional, oferece a possibilidade de nós fazermos uma lipoaspiração no governo, diminuindo o seu tamanho, diminuindo o seu peso no cotidiano da vida das brasileiras e dos brasileiros baixando o custo de manutenção do estado e prestando melhores serviços” afirmou.

O secretário Especial de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia, Salim Mattar, explicou que as nove empresas que ingressaram no PPI devem passar por estudos para verificar como será o processo que pode passar pela privatização, abertura de capital, venda ou extinção. “Nós estamos tentando respeitar a constituição e tirar o estado do mundo dos negócios” afirmou. “O governo tem feito ao longo desses anos uma má alocação de recursos. Ele está alocando recursos em participações societárias e em empresas quando esses recursos poderiam ser melhor alocados na segurança, na saúde e na educação”, acrescentou.

Entraram no Programa para estudos de possível privatização as empresas:

  • Empresa Gestora de Ativos (Emgea)

  • Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF)

  • Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro)

  • Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev)

  • Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp)

  • Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec)

  • Telecomunicações Brasileiras S/A (Telebras)

  • Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios)

  • Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), responsável pelo Porto de Santos

  • Já estavam no PPI, em estudo para possível privatização, outras quatro empresas:

  • Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. (Trensurb)

  • Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU)

  • Casa da Moeda

  • Ceasa Minas.

Jorge Flores Paines 
Jornalista DRT-15097

Radialista DRT-5765

Quer Anunciar?

WhatsApp(55)98415-2150

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now